LEIA +

ELEIÇÃO PARA DIRETORIA E CONSELHO DA AMEA

E D I T A L - E L E I Ç Ã O A AMEA, Associação Maringaense de Engenheiros Agrônomos com sede na Av. Dr.Gastão Vidigal, 1.190, Maringá – PR, através da Comissão Eleitoral constituída pelos Engenheiros Agrônomos José Antonio Borghi, Ivo Grando e Valdomiro Tormen, com base no Capítulo 4 do...

LEIA +

Congresso Paranaense de Engenheiros Agrônomos

Ocorreu entre os dias 03 e 05 de agosto de 2016 em Pato Branco o 17º Congresso Paranaense de Engenheiros Agrônomos, em Pato Branco, PR. O evento foi um sucesso....

LEIA +

CURSO DE PERÍCIA AMBIENTAL

Ocorreu nos dias 04 e 05/08/2016 no auditório do CREA em Maringá o curso de Perícia Ambiental, promovido pela AMEA e Maxiambiental. O evento foi um sucesso....

LEIA +

CURSO SOBRE LICENCIAMENTO AMBIENTAL E SGA PROMOVIDO PELA AMEA

A AMEA juntamente com a Associação dos Geógrafos Brasileiros/Seção Maringá promoveu hoje, 08/04/2016, o Seminário Regional de Licenciamento Ambiental, juntamente com o Curso de Sistemas de Gestão Ambiental (SGA). O evento ocorreu no auditório do CREA em Maringá e contou com a presença de mais de 100...


PL 2.824 de 2008 – Carta de Porto Alegre (RS) ao Dep. Federal Onyx Dornelles Lorenzoni – DEM-RS

11/06/2013 00:40:19

O Projeto de Lei n.º 2.428/08, de autoria do deputado federal Zequinha Marinho (PSC-PA) visa retirar as atribuições zootécnicas da grade curricular do Engenheiro Agrônomo e do Médico Veterinário e dá-las exclusivamente aos zootecnistas.
A Engenharia Agronômica é pioneira no exercício profissional da zootecnia, possuindo aproximadamente 30% da grade curricular composta por disciplinas relacionadas, e tendo estas atribuições outorgadas e regulamentadas pelo Decreto 23.196/1933. Já em relação ao curso de Zootecnia, este foi criado somente em 1969.
Os representantes da classe agronômica e veterinária, encabeçadas por seus conselhos e entidades de classe, tiveram reunidos em Porto Alegre (ver foto) no dia 06 de maio com o relator do tal PL, deputado federal e Médico Veterinário Onyx Lorenzoni. Lá apresentaram uma proposta em comum para que seja levada em consideração no voto do relator, e dessa forma o PL possa ser posteriormente arquivado. A carta pode ser vista no link a seguir: http://www.confaeab.org.br/wp-content/uploads/2013/05/pl2824.pdf


Voltar